Crochet,  Dicas

Guia completo para quem quer ser 100% ecológico, ético e sustentável no crochet.

Hoje é o dia da Terra e em homenagem a ela trago-te este guia super amigo do planeta, um guia completo para quem quer ser 100% ecológico, ético e sustentável no crochet! Este guia vai estender-se por mais dois dias, devido à quantidade de informação pesquisada sobre este tema. Espero que gostem!

Há um mês atrás estive numa formação que tratava essencialmente de assuntos a nível do ambiente e da educação ambiental. A participação nessa formação fez-me pensar sobre o impacte que o crochet poderá ter no ambiente, e por isso hoje trago-te algumas dicas que poderás fazer para o bem do ambiente, enquanto fazes crochet.

O ambiente é algo que me preocupa e que devia preocupar-nos a todos. Se pensares bem, se cada um de nós contribuir, nem que seja um bocadinho, para a preservação do meio ambiente, já é o suficiente para melhorar a nossa vida e mais importante ainda, a vida do nosso planeta.

Estamos muito dependentes das tecnologias e de alguns materiais que podem ser prejudiciais para o ambiente e consequentemente para nós também.

Daí que, devemos parar um bocado para pensar e tentar minimizar os impactes por nós provocados. O que nos custa usar materiais mais sustentáveis e reduzir alguns resíduos produzidos por nós? “São caros e tenho preguiça”. É verdade, infelizmente há sempre pessoas que tentam lucrar com isso, mas há outras maneiras de contornar essa situação, como por exemplo, reciclar em casa alguns materiais. Quanto à preguiça, como a minha mãe sempre me disse, a “preguiça nunca manteve bons criados”!

Como ser 100% ecológico, ético e sustentável no crochet

O crochet já de si é uma prática sustentável, pois com ele podes fazer peças que substituem outras peças e materiais prejudiciais para o ambiente. Isto é muito bonito e tal, mas não podemos de nos esquecer dos desperdícios de fios do nosso trabalho e do tipo de materiais que utilizamos. O crochet é a técnica que consome mais lã e produz mais desperdícios. Alguns fios que poderemos estar utilizar podem ter sido feitos em fábricas que utilizam químicos e produzem muitos resíduos poluentes. Para além disso, os fios que derivam de fibras proteicas (origem no pêlo animal), podem ser produto de maus tratos animal.

Lá por fazeres uma peça em crochet, só porque foi feita à mão, não quer dizer que possa ser considerada como sustentável e ecológica. Também temos que ver os materiais que utilizamos e da forma como os utilizamos.

Eu contra mim falo! Quando comecei a fazer crochet, não tinha consciência disto mas, há medida que fui pesquisando sobre esta técnica e depois de ter entrado nesta formação, fui tentando remediar este aspecto. Por isso, quero hoje partilhar contigo, o que podes fazer para seres 100% ecológico, ético e sustentável no crochet.

Como há muita informação sobre este assunto, que gostaria de partilhar contigo, e para não te estar a maçar com isso, decidi dividir este guia em 3 artigos que vão ser publicados hoje e nos dias seguintes. A primeira parte deste guia está focado nos tipos de agulhas e fios que poderão ser 100% sustentáveis e ecológicos.

Que agulhas e fios poderão ser 100% sustentáveis e ecológicos?

Recentemente fiz um artigo sobre os tipos de agulhas e fios que existem no crochet, mas se ainda não sabes sobre isso, aconselho-te a ires ler primeiro. Podes aceder a esse artigo a partir daqui

Agulhas

100% ecológico, ético e sustentável

As agulhas não são um material que vais estar sempre a descartar, como nos fios. Elas vão estar sempre contigo ou guardadas num estojo, mas pode, eventualmente, haver alguns imprevistos como, partirem-se. E aí devemos ter em atenção, quais aquelas que poderemos ou não reciclar.

Como bem sabes, existem agulhas de diversos tipos de materiais, mas de entre as mais usadas só dois tipos é que são consideradas 100% ecológicas. Não é difícil saber quais são, basta só pensar quais os materiais que são ou não prejudiciais para o ambiente.

Agulhas prejudiciais para o ambiente: são todas aquelas que não são biodegradáveis nem podem ser recicladas como por exemplo as agulhas de plástico e acrílico; Não incluo aqui as de metal (aço e alumínio), pois são mais resistentes que as de plástico e acrílico e dificilmente se partem.

Agulhas amigas do ambiente: são todas aquelas que são biodegradáveis e que podem ser recicladas, como por exemplo as de madeira e bamboo

Fios

100% ecológico ético e sustentável

Os fios são os materiais que mais desperdiçamos, pois quando estamos a fazer uma peça, há sempre fios que sobram e que muitas vezes vão para o lixo. Mas sabias que nem todos os fios se degradam tão facilmente? Para além disso, e como disse anteriormente, alguns deles são feitos em fábricas que utilizam químicos poluentes. Por isso, há que ter em atenção quais os fios a utilizar nos nossos trabalhos e como podemos utiliza-los.

Quais são os fios que se deve evitar de usar?

São todos aqueles que derivam de fibras sintéticas, tais como:

  • As fibras acrílicas: são as mais comuns e mais baratas, mas também são tóxicas para as pessoas que as usam;
  • As fibras nylon: são um tipo de plástico derivado do óleo bruto. São feitas a partir de indústrias que utilizam intensivamente energia e não são biodegradáveis. A melhor alternativa para este tipo de fibra é a econylon, que consiste em nylon reciclado, produzido num sistema cíclico fechado;
  • As fibras poliéster: quando são degradadas, transformam-se em milhões de pequenas microfibras plásticas que podem prejudicar os oceanos e a saúde humana. Contêm grandes quantidades de carbono e são de baixa qualidade.
  • A produção de linhas provenientes de corantes sintéticos, cujo processo é o tingimento, são um dos aspectos mais prejudiciais para o meio ambiente e a saúde humana. O melhor processo para o tingimento de linhas é a utilização de corantes naturais.
Quais são os fios mais ecológicos, éticos e sustentáveis?

São todos aqueles que derivam de fibras naturais, ou seja, as fibras de celulose e proteicas.

Fibras de celulose

O algodão é a linha mais usada para fazer crochet e há três tipos de fios de algodão: rústico, penteado e mercerizado. No entanto, a plantação de algodão é um dos principais poluentes do meio ambiente, uma vez que são utilizados pesticidas e ainda, no caso dos fios mercerizados, nos processos que os torna mais fortes e brilhantes, são utilizados químicos tóxicos.

Por causa disso existe agora o algodão orgânico e o algodão 100% reciclado. Como deves calcular, na plantação de algodão orgânico não são utilizados fertilizantes nem pesticidas sintéticos químicos ou tóxicos, sendo uma produção 100% natural. O algodão reciclado reduz também a pegada de carbono e reutiliza fios para formar novos.

Há ainda outra fibra celulósica produzida de forma ecológica e sustentável que é a fibra tencel ou liocel (lyocell). Esta fibra é obtida a partir da polpa da madeira dos eucaliptos, usando solventes reciclados num sistema cíclico fechado.

Fibras proteicas

As fibras proteicas são as fibras oriundas dos pêlos dos animais, como a das ovelhas, carneiros, alpaca ou secreção de insectos, como a seda. As linhas que daí derivam podem ser puras ou misturas de diferentes lãs, acrílico ou algodão.

Este tipo de fios são um dos mais benéficos para o meio ambiente e por isso podem ser considerados como materiais sustentáveis. O único problema é que não sabemos se os animais estão a ser tosquiados e tratados em boas condições. No entanto, existem normas que têm em conta, não só este aspecto, como também, a forma como são produzidas as fibras.

Uma dessas normas e talvez a mais conhecida é a GOTS (Global Organic Textile Standards). Não sabes o que isso é? Então acede aqui à segunda parte do guia

Espero que tenhas gostado deste artigo e que tenha sido útil para ti. Até amanhã!👋

Tens Pinterest? Então gurada este artigo para puderes voltar a ele sempre que precisares!

Como é óbvio todo o conteúdo que por aqui leste, não veio todo da minha cabeça. 😅 Pesquisei muito sobre este tema e se tu estás interessado em saber quais foram as minhas fontes, vou disponibilizar-te aqui um lista de algumas delas, relativas a este primeiro tópico (só porque este tema é um tema especial num dia especial 😛):

Ecocult – The Best Sustainable and Ethical Knitting Yarns For Your Next Project

Livro a Banda do Picapau de Yan Schenkel

Stitch and story – 4 Knitting needle/crochet hook materials and why we chose bamboo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *