Crochet,  Dicas

10 tipos de pontos em crochet fáceis para iniciantes

Em crochet existem vários tipos de pontos dependendo do tipo de peça. Nesta publicação, vou mostrar-te aqueles que aprendi até agora e que são muito fáceis de fazer.

No primeira publicação, já referi 4 pontos base, mas vou explicar-te melhor cada tipo de ponto e demonstrar-te, com desenhos da autoria de Fabric Trait, para veres como se fazem. Não sabes que 4 pontos base estou a falar? Acede a esse artigo aqui.

10 tipos de pontos em crochet fáceis para iniciantes

Cordão ou cadeia

A sua abreviatura é corr em português e ch em inglês (de Chain), e o seu símbolo é

Este tipo de ponto é o ponto base da maioria dos trabalhos em crochet e determinará o comprimento da peça. Faz-se da seguinte maneira: após de fazer o nó, que representa o primeiro laço da cadeia, laça-se a linha em torno da agulha e passa-se esta através do laço, formado anteriormente pelo nó. Repete-se este ponto várias vezes até se obter uma fileira de pontos, formando um cordão.

Ponto baixo

A abreviatura é pb em português e sc em inglês (Single Crochet) e é representado pelo símbolo 

Este tipo de ponto é um ponto mais fechado e curto, utilizado, por exemplo, para fazer tapetes.

Após ser feito o cordão, passa-se a agulha através do segundo ponto a contar da agulha (Nota: o laço que se encontra na agulha “não conta!”), laça-se a linha na agulha e puxa-se, passando novamente pelo mesmo ponto, obtendo assim dois laços. Depois, laça-se novamente a linha na agulha e passa-se através dos dois laços feitos anteriormente.

Ponto raso ou meio ponto

A abreviatura é pr em português e sl st em inglês (Slip Stitch) e é representado pelo símbolo 

É um ponto que não é visível no trabalho e faz-se para emendar, rematar, bordar e finalizar as peças ou para encaminhar-te para o próximo passo. Depois de se obter os dois laços, como no ponto baixo, passa-se o primeiro laço através do segundo.

Ponto Alto

A abreviatura é pa em português e dc em inglês (Double Crochet) e é representado pelo símbolo


Ao contrário do ponto baixo, este é um ponto mais aberto que dá mais relevo ao trabalho. É utilizado para fazer peças mais moles e macias, como por exemplo, camisolas.

Após de ser feito o ponto de corrente, laça-se a linha na agulha, passa-se através do segundo ponto e laçando novamente a linha na agulha, puxa-se a linha, passando pelo mesmo ponto, obtendo assim três laços. Depois, laça-se novamente a linha na agulha e passa-se através dos dois primeiros, dos três laços feitos anteriormente. Laça-se novamente a linha na agulha e puxa-se, passando pelos dois laços, obtendo assim, um laço.  

Estes são os tipos de pontos mais básicos e mais utilizados em crochet. Mas existem outros pontos essenciais que também deve-se saber, tais como, os aumentos e as diminuições. Estes dois tipos de pontos servem mais para criar um motivo, de forma a aumentar ou diminuir o tamanho da peça.

Aumentos

A abreviatura é aum em português e inc em inglês (increase) e é representado pelo símbolo 

Aumentar um ponto no crochet significa, fazer mais do que um ponto dentro do mesmo laço.Fabric Trait

Diminuições

A abreviatura é dim em português e dec (decrease) e é representado pelo símbolo.

Diminuir um ponto significa fazer mais de queum ponto consecutivo, sem os terminar completamente, para depois os fechar num mesmo laço.Fabric Trait

No entanto, na técnica utilizada para fazer amigurumis esta forma de diminuição é ligeiramente diferente, pois, em vez de se fazer nos dois laços consecutivos, faz-se nos meios dos dois laços. Isto permitirá com que os pontos não fiquem muito abertos, de modo a que a peça apresente um padrão mais uniforme.

Outros pontos fáceis que aprendi a fazer foram os pontos médio alto, círculo mágico ou círculo em fio, em V e o “Foundation Single Crochet”.

 Ponto médio alto

Tal como o próprio nome indica é o ponto médio entre o ponto alto e o ponto baixo. A sua abreviatura é pma em português e hdc em inglês (Half double crochet) e o seu símbolo é

Faz-se o primeiro passo do ponto alto até obter os três laços. Depois laça-se a linha na agulha e puxa-se por entre os três laços.

Círculo mágico ou círculo em fio

O círculo mágico (magic ring) é o ponto base para peças redondas, mais utilizado até, na técnica amigurumis.

Prendendo a ponta da linha com os dedos mindinho e o anelar, laça-se a linha duas vezes no dedo do meio. Segurando a linha restante entre o indicador e o polgar, passa-se a agulha entre o dedo e os dos dois círculos formados a volta do mesmo e agarra-se a linha que está sobre o dedo indicador. Puxa-se a linha, formando um laço e faz-se um ponto baixo nesse mesmo laço. Depois, retira-se os dois círculos em volta do dedo do meio e passa-se a agulha no centro dos dois círculos. Laça-se a linha na agulha e puxa-se novamente para fora do centro dos círculos, formando dois laços em torno da agulha. Laça-se novamente a linha na agulha e passa-se nos dois laços formados anteriormente. Repete-se o mesmo processo e ao fim de 6 pontos baixos puxa-se a ponta da linha que sobrou, fechando o círculo.

Esta foi a maneira que aprendi, mas no blog Fabric Trait explica de outra maneira mais simples.   

Ponto em V

Este ponto foi o ponto utilizado num casaco que fiz segundo “Mamma in a stitch”.

Após de fazer o cordão, faz-se um ponto alto, no sexto ponto a contar da agulha. De seguida laça-se a linha na agulha e passa-se através do laço. Faz-se novamente o ponto alto no mesmo sexto ponto, formando o V. Repete-se o procedimento no terceiro ponto a contar do último feito anteriormente.

Foundation single crochet

Este foi o ponto utilizado para fazer o gorro com orelhas de gato, segundo “Persialou”. É outra forma de fazer um cordão, sendo também por isso um ponto base. 

Em relação aos pontos referidos anteriormente, é talvez um dos pontos mais confusos de se fazer. Mas nada é impossível e, a verdade é que, este foi o primeiro ponto que aprendi, logo, se eu consegui, tu também conseguirás certamente!😉

Após o nó, faz-se dois pontos normais como se fosse para fazer o cordão. Passa-se a agulha no segundo ponto a contar desta e laça-se a linha na agulha passando pelo mesmo ponto e formando dois laços. Depois, laça-se novamente a linha na agulha e passa-se através do primeiro laço, continuando a formar dois laços. De seguida, laça-se a linha na agulha e passa-se pelos dois laços formados anteriormente. Repete-se o procedimento no ponto a seguir.

Como a descrição acima pode ser um bocado confusa, a autora do blog “Persialou” tem um vídeo que demonstra todos os paços para este ponto.

Outro tipo de ponto…

Talvez num futuro artigo, refira mais pontos, mas por agora são estes os 10 tipos de pontos em crochet que aprendi a fazer. Muitos deles são usados regularmente para o começo das peças, por isso achei interessante os detalhar um pouco mais.

Mas, já que estamos numa de conhecer tipos de pontos e, por curiosidade, durante as minhas pesquisas para este artigo, deparei-me com um ponto cujo nome captou a minha atenção. Para homenagear o nome do blog apresento-te o “Blackberry Salad Stitch”. 

Nunca fiz este ponto, por isso, não sei se é fácil ou não, mas assim que o experimentar, prometo fazer um artigo!😀

E são estes os 10 tipos de pontos em crochet fáceis para iniciantes- Espero que tenham gostado deste artigo. Qualquer comentário ou dúvida será bem-vinda. Sintam-se livres para partilhar a vossa experiência com o crochet, pois terei muito gosto em saber!😊     

Ps: Se quiseres saber mais promenores sobre os pontos, ou sobre crochet espreita também o blog Fabric Trait. Aí encontrarás não só, informações em português sobre crochet, como também tricot, bordados e costura!

Pss: nem todas as imagens aqui representadas são da minha autoria: têm na própria imagem a hiperligação correspondente aos verdadeiros autores. As minhas imagens são as que têm a marca de água num dos cantos da imagem com o logo do meu blog.

Tens Pinterest? Faz pin da imagem abaixo para puderes aceder a este artigo mais tarde.

Gostavas de aceder a mais artigos deste género? Então não te vás já embora, estes aqui em baixo estão a olhar para ti:

Crochet: 3 elementos base para iniciantes
Crochet para iniciantes: 14 exemplos de peças fáceis de fazer
Amigurumi: o que é e como se faz?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *