como começar a fazer crochet
Crochet,  Dicas

Como começar a fazer crochet? 3 elementos base

O crochet é uma técnica artesanal muito utilizada recentemente, tanto pela população mais idosa, como a mais jovem. O meu interesse por crochet começou quando ainda andava na faculdade, por influência de colegas que afirmavam que o crochet era quase uma terapia contra o stress e a ansiedade. Ora, no meio de exames e entregas de relatórios, altura em que o stress e a ansiedade predominam, quem é que não teria interesse em experimentar? Contudo, não foi só essa a razão que me persuadiu a praticar esta arte, mas também a quantidade de coisas úteis e engraçadas que se poderia fazer só com uma agulha e uma linha.

Depois de correr todo o Pinterest à procura de várias peças em crochet e amigurumi dei por mim embrenhada nesta rede, mas com uma questão em mente: Como e por onde começar a fazer crochet?

3 elmentos base de como começar a fazer crochet

Se estás a começar agora, estás certamente, a deparar-te com esta questão e foi por isso que, nesta primeira publicação, achei importante dar umas dicas com base na minha experiência. Assim, enumerei 3 elementos base de como e por onde começar a fazer crochet:

  1. Saber o material necessário;
  2. Conhecer os quatro tipos de pontos base;
  3. Escolher uma peça para trabalhar.

Posso confessar que não foi bem por esta ordem que fiz quando comecei. Basicamente, o entusiasmo foi tanto, que eu primeiro escolhi a peça e só depois é que aprendi os pontos base 😅. Resultado: uma peça que demorava uma ou duas semanas a fazer, demorou-me quase um ou dois meses. Mas não faças como eu! Tenta primeiro aprender o que está por trás dessa peça que queres fazer, pois assim será mais fácil e rápida a sua execução.

1. Saber o material necessário para começar a fazer crochet

como começar a fazer crochet

O material necessário não é muito, são simplesmente uma agulha e uma linha. No entanto, se quiseres fazer um trabalho mais elaborado como amigurumi ou porta-chaves vais precisar de outros materiais, como os olhos e as argolas, para completar a peça. Vais também precisar de uma tesoura, para cortar a linha, de uma agulha de cerzir para coser ou rematar e uma fita métrica para medir uma amostra ou o comprimento da peça. Há quem utilize também um marcador de pontos, para orientar o trabalho, mas isso também pode ser substituído por uma linha de outra cor.

Agulhas

como começar a fazer crochet

No que toca às agulhas, possuem uma única ponta em forma de gancho, mas também existem de ponta dupla ou circulares. Existem em vários tipos de materiais, podendo ser de metal, alumínio, madeira ou plástico. Seja qual for a do teu gosto, não é isso que é o mais importante a ter em conta, mas sim o tamanho. O tamanho das agulhas varia entre os 0.5 mm – 20 mm dependendo do tipo de pontos: pontos mais fechados, agulhas de tamanho mais pequeno, pontos mais abertos, agulhas maiores.

Linhas

As linhas podem ser de lã ou algodão e existem de variadíssimas cores (algumas até apresentam várias cores ou em degradê num só novelo). Convém guardar o código da cor, que está no rótulo, no caso de necessitares de continuar ou rematar a tua peça. Podem ser comprado tanto na forma de novelo como na forma de meada. Dependo da agulha escolhida (cujo valor também se pode encontrar no rótulo), as linhas podem igualmente ser de diferentes grossuras. Para linhas mais grossas deve-se utilizar agulhas maiores, para linhas mais finas (como as de algodão, por exemplo) deve-se utilizar agulhas mais pequenas.

Mas qual o tamanho ideal de agulha e linha para começar? Isso depende da forma do ponto que fazes (se é mais fechado ou aberto) ou do tipo de peça que queres fazer (se são peças grandes como tapetes, gorros, camisolas, ou peças mais pequenas como base para copos, pano para mesa, etc.). Há quem aconselhe a começar com uma agulha mais pequena e uma linha um bocado mais grossa. Pessoalmente, acho mais fácil trabalhar com linhas e agulhas mais grossas, pois consegue-se visualizar mais os pontos e também é bom para quem tem um ponto muito apertado.

Outra dica importante para quem está a começar: quando fores escolher a tua linha, escolhe uma com uma única cor e clara, pois assim será mais fácil visualizar os pontos.

2. Tipos de Pontos Base e as suas abreviaturas e símbolos

O segundo passo de como começar a fazer crochet são saber os tipos de pontos. Existem pelo menos quatro tipos de pontos base, que podem ser apresentados sob a forma de receita ou esquemas. Se for por receita são utilizadas abreviaturas, se for por esquemas são utilizados símbolos.

Cordão ou cadeia

Este ponto é o ponto base da maioria dos trabalhos e consiste num conjunto de pontos, que formam por sua vez uma corrente. A sua abreviatura é corr em português e ch em inglês (de Chain), e o seu símbolo é: 

Ponto baixo

Este ponto é um ponto mais fechado, utilizado, por exemplo, para fazer tapetes. A abreviatura é pb em português e sc em inglês (Single Crochet) e é representado pelo símbolo:

Ponto raso ou meio ponto

É um ponto que não é visível no trabalho e faz-se para emendar, rematar, bordar e finalizar as peças ou para encaminhar-te para o próximo passo. A abreviatura é pbx em português e sl st em inglês (Slip Stitch) e é representado pelo símbolo:

Ponto Alto

Ao contrário do ponto baixo, este é um ponto mais aberto que dá mais relevo ao trabalho. É utilizado para fazer peças mais moles e macias, como por exemplo, camisolas. A abreviatura é pa em português e dc em inglês (Double Crochet) e é representado pelo símbolo:

Estes pontos são os pontos mais fáceis de fazer e os mais básicos, pois existem muitos outros para além destes. No entanto, para quem está a começar, a dificuldade poderá ser na forma como seguras a agulha e a linha, ao mesmo tempo que estás a executar estes pontos. Se for este o teu caso, não desanimes! Insiste, persiste e não desiste! Só praticando várias vezes é que se cria o hábito e as coisas começam a serem feitas normalmente.

3. Escolher uma peça para trabalhar

Agora que já sabes que material utilizar e como se faz cada ponto base, chegou a altura de escolher a peça para começares, de forma prática, a fazer crochet.

Eu fiz um artigo sobre alguns exemplos de peças simples e fáceis de fazer, por isso, se quiseres, podes ir dar lá uma espreitadela e ver se há alguma que te inspira e te motive. 😉 Para ires para o artigo acede aqui.

Como eu disse anteriormente, o Pinterest foi o meu motor de busca mais inspirador para procurar peças feitas em crochet. Por isso, podes fazer o mesmo, pois é lá que muita gente se inspira e procura ideia criativas.

Assim que encontro uma peça que me apeteça trabalhar, faço uma breve pesquisa no Youtube para ver se existe essa mesma peça, pois é mais fácil visualizar como são feitos os pontos passo a passo. Para além disso, também tento procurar pela receita ou esquema da peça, de modo a que possa acompanhar melhor.

Por isso, se estás a começar, é mais fácil escolheres uma peça que tenha um vídeo e/ou uma receita ou esquema para acompanhares passo a passo.

À medida em que vais fazendo várias peças, vais percebendo que muitas delas começam sempre da mesma forma, com o mesmo número de pontos, o que vai ser, depois, mais fácil para ti criares a tua própria peça de forma independente.

como começar a fazer crochet

Conclusão

São então estes três elementos base de como começar a fazer crochet, sem medos e sem dúvidas! Mas, sente-te livre para começares como quiseres e da forma que te sentes mais a vontade. Como eu disse, no meu caso, não comecei por esta forma, até porque, para comprar o material deves sempre verificar a agulha e linha que é utilizada na peça que pretendes trabalhar. Pois numa peça em que utilizaram uma linha mais fina, não vai ter o mesmo número de pontos com uma linha mais grossa.  Isto são apenas dicas em que te podes guiar.

E já agora mais uma dica, vai haver momentos em que te vais sentir frustrada por não estares a conseguir fazer direito as peças. Isso também me aconteceu o mesmo. É normal, estás a começar e a familiarizar-te das coisas. Quando isso acontecer, inspira, expira e não pira! Pois aí é que está a terapia. Faz com gosto, inspira-te, e sobretudo diverte-te 😉.

Ps: Já agora, se quiseres informações mais detalhadas sobre crochet espreita também o blog Fabric Trait que explica-te, não só, tudo acerca de crochet, mas também, de tricot, bordados e costuras.

Tens Pinterest? Faz pin da imagem abaixo para puderes aceder a este artigo mais tarde.

Mais Artigos…

Crochet para iniciantes: 14 exemplos de peças fáceis de fazer

Crochet para iniciantes: Aprende 10 tipos de pontos fáceis de fazer

Amigurumi: O que é e como se faz?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.